Doenças respiratórias causadas pelo ar-condicionado

Doenças respiratórias causadas pelo ar-condicionado

Sem a limpeza adequada o aparelho se torna um problema sério. Veja quais são as doenças respiratórias causadas pelo ar-condicionado e como se prevenir delas.

Poucos eletrodomésticos levantam tanta polêmica quanto o ar-condicionado. Indispensável da vida de muitos, principalmente nas regiões mais quentes do país, o aparelho também pode ser um risco para a saúde se não for feita a manutenção adequada. Em casa, no carro ou no trabalho, são várias as doenças respiratórias causadas pelo ar-condicionado quando a limpeza profissional não é feita regularmente.

ar condicionado nao e o vilao

O aparelho, em si, não é herói nem vilão

Como praticamente tudo na vida, o ar-condicionado tem pontos positivos e negativos. No entanto, uma coisa é certa: há muita falta de informação a respeito do assunto.

O que muita gente não sabe, por exemplo, é que existe uma temperatura ideal. De acordo com a Anvisa, ela deve ficar entre 23ºC e 26ºC no verão e entre 20ºC e 23ºC no inverno.

Além do conforto térmico, essa faixa de temperatura também ajuda a evitar doenças respiratórias causadas pelo ar-condicionado, inclusive pelo próprio choque térmico decorrente da diferença muito grande de temperatura entre o ambiente refrigerado e o exterior.

São várias as vantagens do aparelho:

    • Ajuda a purificar o ar – Alguns modelos de aparelhos com filtro HEPA e de carvão ativado chegam a filtrar até 99% das impurezas do ar.
    • Elimina o mofo – Em locais onde o índice de umidade é alto, o ar-condicionado com função desumidificar remove o excesso, ajudando a eliminar o mofo de tetos e paredes.
    • Aumenta a vida útil dos eletrônicos – A umidade alta também propicia o aparecimento de ferrugem no interior dos aparelhos eletrônicos. Ao desumidificar o ambiente o ar-condicionado com essa função também aumenta a vida útil dos aparelhos.
  • Evita a entrada de insetos e poeira – Com portas e janelas fechadas para manter o microclima ideal, o ar-condicionado também evita que uma grande quantidade de sujeira penetre no recinto. Os ventiladores, por exemplo, apenas movimentam o ar espalhando a sujeira por todo lado.

No entanto, atenção: para que os benefícios possam ser aproveitados, no entanto, é imprescindível que o filtro esteja sempre limpo, de acordo com as orientações do fabricante.

Como a manutenção periódica depende da intervenção humana para acontecer, o aparelho de ar-condicionado, em si, não é herói nem vilão.

Doenças respiratórias causadas pelo ar-condicionado

É justamente quando a limpeza profissional não é feita com a regularidade devida que podem ocorrer várias doenças respiratórias causadas pelo ar-condicionado. Ácaros, fungos, bactérias, poeira e vários microrganismos se acumulam no filtro, causando alergias. Veja quais são os problemas mais frequentes:

    • Doença do Legionário – Causada por bactérias da família Legionella quando o filtro dos aparelhos que gelam o ar não consegue reter de forma eficiente todas as impurezas, que ficam acumuladas nos dutos. É uma forma severa de pneumonia, que pode levar a complicações sérias.
    • Rinite alérgica Infecção que ocorre na membrana basal. É caracterizada por coriza líquida e abundante, coceira (em nariz, olhos, garganta e ouvidos), espirros repetidos, olhos lacrimejantes, congestão nasal, olhos irritados e avermelhados e alteração do olfato e do paladar.
    • Ressecamento do muco pulmonar – Ocorre o ressecamento dos cílios vibrantes que revestem a mucosa nasal. Eles são responsáveis por expulsar bactérias, fungos e vírus que entram em nosso corpo pela respiração. O ressecamento torna esse filtro menos eficiente.
  • Asma – Cerca de 80% dos pacientes que têm asma, apresentam também rinite. A asma é uma doença inflamatória crônica que acomete as vias respiratórias. Se caracteriza por cansaço ou crises de falta de ar, chiado e sensação de aperto no peito, tosse.

A exposição aos alérgenos inalantes – ácaros da poeira de casa, fungos do ar condicionado, pelos de animais, restos de baratas, bactérias e pólens – são os maiores causadores.

Como prevenir as doenças respiratórias causadas pelo ar-condicionado

Prevenir as doenças respiratórias causadas pelo ar-condicionado e aproveitar todos os benefícios do aparelho é mais fácil do que parece. Na verdade, a única coisa que é preciso fazer é agendar uma limpeza profissional com a regularidade correta.

Cada fabricante tem suas indicações, mas a forma como o aparelho é usado também influencia no tempo de limpeza e manutenção preventiva. Todos os aparelhos devem ser limpos – mesmo os que pouco são ligados, como os de casas de veraneio.

Quando os filtros de ar ficam sujos, eles reduzem a eficiência do equipamento, piorando a qualidade do ar. Quanto mais são utilizados, portanto, mais frequentemente os filtros devem ser limpos, assim como as partes internas do aparelho.

Cada modelo tem tipos diferentes de filtros, que demandam também limpeza e higienização diferenciadas. Veja quando saber que já está mais do que na hora de fazer uma limpeza profissional:

    • Aumento do consumo de energia;
    • Ar-condicionado pingando água;
    • Com baixo rendimento;
  • Mau cheiro.

Fazendo a limpeza e higienização periódica do aparelho você evita as doenças respiratórias causadas pelo ar-condicionado.

A Airflix conta com um serviço especializado de limpeza de ar-condicionado. Entre em contato com os nossos especialistas e mantenha seu ambiente sempre saudável!

Deixe uma resposta