Ácaros, fungos e bactérias: Ameaças invisíveis escondidas em seu lar

Ácaros, fungos e bactérias: Ameaças invisíveis escondidas em seu lar

Quem preza pela beleza e sofisticação de sua casa com certeza também não abre mão da limpeza. Afinal, essa é uma tríade de sucesso, seja para conforto próprio, seja para definir nosso estilo de vida. Por isso, quando a alergia começa a aparecer, pode ser difícil acreditar que o problema esteja no lar — e nos ácaros que ali habitam.

No entanto, a verdade é que nossa casa está sempre cheia de ameaças. Ácaros, fungos e bactérias adoram os lugares que você menos espera — e menos podem ser alcançados na hora da limpeza.

É por isso que, mesmo que a casa aparente estar limpa, a alergia respiratória acaba aparecendo.

Alergia afeta 30% da população mundial

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) a alergia já é considerada uma epidemia. Em todo o mundo, 30% das pessoas sofrem com algum tipo de alergia, ou seja, 2 bilhões de pessoas.

O mais incrível é que muitos dos alérgenos se encontram dentro da nossa própria casa. Por isso, um dos pontos importantes é compreender quem são esses inimigos da saúde.

Conheça o inimigo de perto

Conhecendo seu inimigo de perto fica mais fácil compreender onde vivem, do que se alimentam e como se reproduzem. Assim, é possível orientar a limpeza da casa de forma mais assertiva.

Fungos: Nem animais, nem vegetais, mas com um reino próprio

fungos

O fungos têm um reino só deles: são Fungi.

Esses seres aparecem em diversas formas, como bolor em locais escondidos e úmidos da casa, nos alimentos e nas plantas. Como mofo, em paredes, roupas, fezes de animais e azulejos. E finalmente, como tinea, que vivem na pele humana e se alimentam de queratina.

Adoram locais úmidos e escuros e são os responsáveis por toda a decomposição da matéria orgânica do planeta.

Livros e revistas mal armazenados e com pouca ventilação, além de toalhas permanentemente úmidas, são alguns dos locais mais propícios ao aparecimento de fungos.

Os fungos também são grandes causadores de alergias. Além disso, eles mesmos acabam contribuindo para a proliferação de outros germes, já que pré-digerem as escamas que se desprendem da nossa pele durante o processo de renovação celular e que os ácaros adoram.

Bactérias: Cozinha e banheiro são os locais mais perigosos

Há várias bactérias benéficas para o corpo humano, mas não é o caso das que nos provocam alergia em casa. Há uma infinidade delas em locais que você nem imagina.

Só para citar alguns, estima-se que haja 1,5 mil bactérias por cm² de uma mochila; 85 mil por cm² na pia da cozinha; 20 mil por cm² na esponja da cozinha; e 480 bactérias por cm²no vaso sanitário.

bactérias estão presentes no banheiro

Ácaros: dividem a cama com você

Os ácaros são uma espécie de aracnídeo microscópico, parente do carrapato. Há cerca de 30 mil espécies deles, mas é o doméstico, que pega carona na poeira, o mais preocupante aqui. Estudos da Unicamp mostram que, em 1 grama de poeira, podem haver mais de 40 mil ácaros.

Eles se alojam em lugares escuros e úmidos, onde se alimentam principalmente de células mortas de pele e fluidos corporais, como o suor. Locais como sofás, poltronas, tapetes, travesseiros e colchões são alguns dos que mais gostam de habitar.

Lá eles se acasalam, se reproduzem, se alimentam, evacuam e morrem. Suas colônias são compostas por ácaros vivos, suas fezes, e as carcaças e ácaros mortos. Estes últimos são os maiores responsáveis pelas alergias respiratórias.

Estudo publicado na Ohio State mostra que um colchão pode abrigar de 100 mil a 10 milhões de ácaros.

Agora que você já conhece quais são os principais inimigos da sua saúde e que habitam sua casa, já fica mais fácil se prevenir contra a alergia.

Lembre-se que um local limpo não significa estar higienizado. A higienização de colchões e estofados, por exemplo, é a única forma de eliminar de forma eficiente os ácaros causadores da alergia.

Quer saber mais sobre alergia, limpeza e higienização? Continue acompanhando nossos posts e deixando suas dúvidas nos comentários!

Deixe uma resposta